Sobre a arquia / publicações

A editora da Fundação Arquia é entendida pelo trabalho de divulgação do conhecimento arquitetónico, pela linha de edição coerente, com um desenho cuidado e um conteúdo reconhecido, tanto pelo coletivo académico, como pelo profissional.

A atividade editorial da Fundação em suporte papel, concentra-se em três coleções: Arquia/Teses, Arquia/Temas e La Cimbra, orientadas para a publicação de trabalhos de investigação em Arquitetura. Foram editados, até à data, mais de 80 títulos, com um total de 140.000 exemplares.

A produção editorial da Fundação Arquia foi galardoada com diversos prémios e o seu prestígio tem vindo a crescer. As diferentes publicações encontram-se já a ser citadas nas bibliografias das teses de doutoramento que são lidas todos os anos nas Escolas de Arquitetura,convertidas em obras de referência.

Na sua vontade de divulgar a cultura arquitetónica, a Fundação coloca ao alcance do leitor, com autorização prévia dos autores, as transferências gratuitas de algumas publicações. Trata-se de títulos já removidos do catálogo, cuja divulgação se pretende manter dada o interesse inequívoco dos seus conteúdos.

coleção arquia/teses

coleção arquia/temas

coleção arquia/la cimbra(a sombra)

Compreende algumas das teses de doutoramento mais relevantes que foram realizadas nas Escolas espanholas de Arquitetura. Estudos surgidos a partir da destilação de uma amplo trabalho de investigação que contém contribuições originais sobre os temas que abordam. A maior parte dos títulos publicados são oriundos do concurso bienal de Teses de Arquitetura.

Diretor da coleção: Carlos Martí Arís

Um lugar aberto à reflexão arquitetónica. Coleção que tem a sua origem em trabalhos de investigação, de difícil encaixe comercial, mas de inquestionável interesse que normalmente permanecem fora do mundo das publicações. A Arquia/Temas pretende cobrir esse espaço vazio, concentrado obras díspares, de carácter não necessariamente académico.

A teoria da arquitetura já não possui a solidez e a firmeza dos antigos tratados. O seu estado atual é mais leve e volátil, manifestando-se de um modo ocasional em artigos, debates ou entrevistas. Para evitar que esse saber se perda ou se dissipe, esta coleção pretende recompilar as contribuições de alguns autores que desenvolveram um pensamento intenso em torno da arquitetura.

Diretor da coleção: Luís Martínez Santamaría

mi área privada