Notícias arquia / publicações


La Cimbra 9: "La Ciudad es de todos"

20 DICIEMBRE 2011 / PUBLICAÇÕES
Se é necessário proclamar que a cidade deve ser para todos, é porque nos esquecemos, frequentemente, da derradeira justificação da nossa profissão: que a arquitetura não é senão a manifestação de um conhecimento que deve ser solidário e generoso. A obra de Paulo Mendes da Rocha é intensa e arriscada, tanto pela sua materialidade como pelas suas abordagens estruturais. No entanto, nesta seleção de entrevistas, descobrimos que, para o autor, o mais importante não são os edifícios, mas sim a técnica enquanto sabedoria perante a natureza, a observação como ferramenta crítica e a inteligência como o mais sensível instrumento de análise em torno do humano, da cidade e da casa. A arquitetura vem depois, mas, se a cidade não for de todos, se a arquitetura não nos demonstrar isso, então, não significa nada. José María García del Monte
 

mi área privada