Notícias Fundação arquia


Kowloon Walled City na arquia/filmoteca

22 JULIO 2015 / FILMOTECA

Kowloon Walled City [La ciudad amurallada de Kowloon], de Hawke Productions Ltd.

Até ao ano de 1994, Hong Kong albergou o que foi até então o enclave de maior densidade populacional em todo o mundo: a Cidade murada de Kowloon. Com uma população total de 50.000 habitantes, o local empilhava os seus habitantes num espaço tão reduzido (6,5 hectares) que sua densidade populacional ascendia a 1,92 milhões de habitantes por km2.

“It was a huge monstrosity of buildings”, palavras de Greg Girard, fotógrafo que passou anos a documentar Kowloon. Pequenas casas empilhadas umas em cima das outras, ligadas por escadas suspensas com cabos, corredores obscuros onde a polícia não ousava entrar. Grande parte das habitações não tinha acesso a espaços abertos nem ventilação, uma vez que se encontravam bloqueadas no centro da estrutura.

Nas zonas mais interiores surgiam pequenos negócios, sobretudo do ramo alimentar, sem condições mínimas de higiene, que serviam, a um preço muito baixo, os restaurantes de Hong Kong.

O arquiteto Aaron Tan escreveu a sua tese sobre Wallet City enquanto esta era demolida. Segundo Tan, o equipamento social da cidade funcionava na perfeição. A comunidade de habitantes enfrentava unida as adversidades e os problemas gerados pela aglomeração, como a distribuição de água, realizada através de milhares de condutas que se retorciam pelo edifício. O bombeamento necessário para a fazer chegar a todos os locais, requeria um grande fornecimento de energia e, por isso, os habitantes revezavam-se nas suas poupanças para que a água fosse partilhada com êxito.

A origem da cidade foi, de facto, uma anomalia política na história colonial de Hong Kong. Foi, durante décadas, um pequeno enclave da China situado em Hong Kong, da Grã-Bretanha. Caraterizou-se pelo curioso da sua existência até à sua demolição em 1993. Em 1994 foi construído um parque na sua localização antiga.

Mais informações em The Wall Street Journal. 

Aceda à sua visualização em http://kcy.me/25kk6

 

 

mi área privada