Notícias arquia / filmoteca


Anna Heringer na arquia/filmoteca

17 MARZO 2016 / FILMOTECA

Handmade architecture as a catalyst for development,

Nesta conferência, parte das Global Urban Lectures de UN-Habitat UNI, Anna Heringer apresenta uma série de projetos onde a eleição dos materiais e as técnicas de construção exercem uma influência determinante na distribuição dos recursos, na participação e equidade. Enfatizando que “não podemos construir casas apenas de aço e betão para sete milhões de pessoas”, propõe uma estratégia global de orientação da criatividade para os materiais, habilidades e potenciais locais.

Anna Heringer insiste que a arquitetura é instrumento para melhorar a vida, proporcionando não só um teto às pessoas mas também una arquitectura que contribua para a promoção da dignidade, de uma sociedade benevolente e da diversidade cultural.

Incentiva os profissionais, chegado o momento de realizar um projeto, a autoquestionarem-se: Que aconteceria se os sete milhões de pessoas projetassem e construíssem da mesma forma? Se responderem honestamente, ela comenta que o mundo seria um pouco mais justo no que diz respeito à distribuição das receitas, mais diversificado em termos de linguagem arquitetónica e cultural e evitar-se-ia a exploração do ecossistema do planeta, protegendo-o para as gerações futuras. Afirma que a longo prazo, o processo é tão importante como o resultado arquitectónico.

 

mi área privada