Sueño de habitar


A casa, além de ser protagonista da arquitetura pela primeira vez nos tempos modernos, é um espaço recetor e transmissor particularmente sensível às variações mais subtis que ocorreram em cada momento deste século.

A ideia subjacente ao texto - “projeto moderno, projeto inacabado” - participa de um pensamento atual que proclama que o projeto anunciado em meados do século XIX com a revolução industrial continua a ser hoje um projeto vigente; vigente no movimento contínuo entre passado e futuro e imerso nas tensões do presente. Não há dúvida que esta posição instável do projeto moderno é o sinal e a condição da sua incessante renovação.

Trata-se de um percurso, não sequencial, por episódios dispersos e emergentes em torno do sonho moderno de habitação. No início, a casa Soane à luz da Obra de los Pasajes de Walter Benjamin é o intéreur que resiste ante a modernidade exterior ameaçadora. Depois, a Glass room de Mies Van der Rohe e as villas parisienses de artistas dos anos 20 são apresentadas como encarnações heroicas da modernidade ortodoxa. Mais tarde, a explosão libertadora do projeto moderno conduzirá a outra expressão com uma visão mais ampla, complexa e multiforme recolhida das próprias casas dos arquitetos como autobiografia construída. A revisão crítica dos anos setenta na casa suburbana está refletida na obra de dois arquitetos que confluem e se contrapõem: Matta-Clark e Venturi.

No final, as propostas revolucionárias, utópicas ou futuristas dos anos 60 conduzem a uma visão do presente, em que os novos processos de informação e comunicação surgem na casa como potenciais transformadores e seguidores do sonho moderno de habitação.


Inauguração
  • COA Palencia: 17/01/2000
Itinerâncias
  • COA Palencia: 06/03/2000 - 31/03/2000
  • UNIV. CAST. LA MANCHA Toledo: 15/06/2000 - 30/06/2000
  • COA Bilbao: 19/07/2000 - 31/08/2000
  • COA Oviedo: 21/10/2000 - 31/10/2000
 
  • COA Burgos: 03/11/2000 - 24/11/2000
  • COA Zaragoza: 17/07/2001 - 20/09/2001
  • CT Alicante: 08/11/2001 - 22/11/2001

mi área privada