A FUNDAÇÃO ARQUIA

Em 1990 a Arquia/setor bancário cria a sua Fundação e, desde os seus primórdios, o seu objetivo tem sido o de promover e divulgar projetos de carácter cultural, social, de assistência, profissional e formativo. Ao longo destes anos, foi-se adequando às circunstâncias de cada momento e, na última década, triplicou a dotação destinada às suas atividades, como resposta ao aumento das necessidades do coletivo por motivo da conjetura económica..


QUEM SOMOS

Apresentação

AS FUNDAÇÕES NÃO SÃO APENAS INSTITUIÇÕES PARA O BEM COMUM, MAS TAMBÉM UMA EXPRESSÃO DA SOCIEDADE LIVRE NA QUAL QUEREMOS VIVER. WALTER SCHELL

Fundação Arquia destaca-se pelo seu trabalho contínuo e preocupação constante na divulgação da cultura arquitetónica, com o objetivo de melhorar a imagem do arquiteto e da sua obra na sociedade.
Os nossos valores baseiam-se em 4 pilares básicos: a transparência, enquanto resposta a uma sociedade cada vez mais exigente, sendo cristalinos no momento de mostrar, não apenas como os recursos que recebemos são geridos, mas também mostrando o processo de seleção e adjudicação dos diferentes concursos que a Fundação convoca, cujo critério comum é o de renovação anual de cada júri ou tribunal.
A comunicação, como veículo para chegar fluidamente a todos os agentes do setor. Devido ao carácter extraterritorial intrínseco da Fundação, a web é referenciada como ponto de divulgação e de encontro, aproximando de uma forma global a realidade dos profissionais à sociedade, tanto no âmbito nacional como no internacional.
A participação e boa gestão, sendo esta entendida como a capacidade de otimizar ao máximo os recursos.
O âmbito territorial da Fundação estende-se a toda a União Europeia e à América Latina, desenvolvendo a sua atividade principalmente em Espanha. Inscrita no Registo de Fundações do Ministério da Cultura, com o n.º 167, por Ordem do dia 27 de junho de 1990.
Denominação Social:
Fundação Arquia - NIF: G59417279 - Inscrita no Registo de Fundações do Ministério da Cultura, com o n.º 167, por Ordem do dia 27 de junho de 1990

Organização

SE AS FUNDAÇÕES NÃO EXISTISSEM, TERÍAMOS DE AS INVENTAR, PARA QUE REALIZASSEM JUSTAMENTE O QUE, NA MINHA OPINIÃO ME PARECE SER A SUA FUNÇÃO PRIMORDIAL: SER A VANGUARDA DA SOCIEDADE, VANGUARDA SOCIAL. JOSÉ LUIS SAMPEDRO

Patronato e direção
A nossa Fundação rege-se através de um Patronato de 12 profissionais, vinculados ao mundo académico e profissional. Co ma sua ajuda e assessoria, trabalhamos na divulgação da cultura arquitetónica.
A representação, a gestão e a administração da Fundação correspondem ao Patronato. O Patronato encontra-se integrado pelas pessoas que, em cada momento, sejam membros do Conselho Reitor da Caixa de Arquitetos S.Cook. de Crédito e pelo seu Diretor Geral, bem como por duas pessoas designadas pelo referido Conselho Reitor.
Encontram-se indicados com (*) os membros da Comissão Delegada

Francisco Javier Navarro Martínez
Presidente
Dom Francisco Javier Navarro Martínez nasceu em Saragoça e, desde 1973, é arquiteto titulado pela Escola Técnica Superior de Arquitetura de Navarra.
Arquiteto com uma extensa trajetória profissional, realizou diversos projetos de edificação no âmbito privado.
Sócio fundador da Arquia Caixa de Arquitetos no ano de 1983 e conselheiro da mesma até ao ano 2003, ano em que foi nomeado Presidente da Caixa e da Fundação Arquia, fundação cujo objeto social é a promoção e fomento com objetivos de carácter cultural, social, de assistência, profissional e formativo no campo da arquitetura, da construção, do desenho, do urbanismo e, de forma geral, em tudo o que se encontra relacionado com a atividade dos arquitetos.
Federico Orellana Ortega
Vice-presidente 1º
Arquiteto pela Escola Técnica Superior de Arquitetura de Sevilha, especialização em Urbanismo (1975).
Secretário do Colégio Oficial de Arquitetos de Málaga, desde maio de 1977 até maio de 1979.
Secretário do Colégio Oficial de Arquitetos de Málaga, desde maio de 1981 até maio de 1983.
Vogal da Junta de Governo do Colégio Oficial de Arquitetos da Andaluzia Oriental, durante 8 anos.
Presidente do Colégio Oficial de Arquitetos de Málaga, durante 8 anos (1983-1987) e (1993-1997).
Fundador da Comissão de Cultura do Colégio Oficial de Arquitetos de Málaga.
Fundador da Cooperativa de Arquitetos de Málaga.
Vogal Adjunto da Câmara de Comércio de Málaga, durante 2 anos...
Vogal de Urbanismo do Ateneu de Málaga, durante 4 anos.
Membro do Comité de Peritos do Plano Estratégico de Malaga.
Vogal do Conselho Reitor da ARQUIA CAIXA DE ARQUITETOS, (1991-2005).
Vice-presidente 1º do Conselho Reitor da ARQUIA CAIXA DE ARQUITETOS, desde o ano de 2005 até à data atual.
Alberto Alonso Saezmiera
Vice-presidente 2º
Alberto Alonso Saezmiera (Bilbao 1954).
Arquiteto pela Escola Técnica Superior de Arquitetura de Barcelona, especialização em Edificação em 1977.
Tesoureiro Deleg. em Biscaia do Colégio Oficial de Arquitetos Vasco-Navarro (1.982-1.985). Secretário do Colégio Oficial de Arquitetos Vasco-Navarro (1.985-1.987).
Bastonário do Colégio Oficial de Arquitetos Vasco-Navarro (1.989-1.993).
Conselheiro (1.989-1.993) e Contador (1.991-1.993) do Conselho Superior dos Colégios de Arquitetos de Espanha. Membro do Conselho de Redação da revista "Arquitectos" durante os anos de 1.990-1.999.
Membro do Agrupamento de Arquitetos Peritos Periciais e Forenses do Colégio Oficial de Arquitetos...
Vasco Navarro desde a sua constituição.
Vogal do Conselho de Administração de "ARQUITASA" Sociedade de Avaliações de Colégios de Arquitetos de Espanha, S.A. (1.993-2.003).
Membro da Comissão de Procedimento Disciplinar do Conselho Superior dos Colégios de Arquitetos de Espanha (1.997-1.999).
Vogal do Conselho Reitor (2003-2007) e Vice-Presidente 2º desde 2007 Arquia Caixa de Arquitetos
Vogal do Conselho de Administração da Arquiseguros Mediação de Seguros, S.A. (2007-2010) e, desde o ano de 2011. Vogal do Conselho de Administração da Arquipensiones S.A. (2.007-2.008).
Vogal do Comité de Auditoria da Caixa de Arquitetos, Sociedade Cooperativa de Crédito desde o ano de 2007.
Sol Candela Alcover
Secretário
Em 1986 obtém o título de Arquiteto, especialidade em edificação pela Escola Técnica Superior de Arquitetura de Valência. Prémio Projeto Fim de Carreira pelo Departamento de Obras Públicas, Urbanismo e Transporte.
Reciclagem profissional contínua, tanto em matérias técnicas, avaliações e apreciações, como na legislação do solo e intervenção no património que, unido à experiência adquirida, lhe permitiu conhecer e estudar melhor a Arquitetura em relação com a sociedade e com a figura do arquiteto.
Desde a sua inclusão no Colégio Oficial de Arquitetos da Comunidade Valenciana (C.O.A.C.V.), realizou diversos projetos no exercício ininterrupto da profissão, tendo ocupado vários cargos dentro dos órgãos de gestão da estrutura colegial...
Carlos Gómez Agustí (*)
Vogal 1º
Arquiteto pela E.T.S. de Arquitetura de Madrid
Patrono Fundação Arquia desde 1999
Patrono Fundação Arquitectura COAM desde 1993 a 2002.
Patrono Fundação Do.co.mo.mo. desde 2006
Membro da Comissão Delegada da Fundação Arquia de 2004 até 2011
Membro da Comissão Técnica do Do.co.mo.mo. desde 2006
Exercício livre da profissão de arquiteto
Prémios de habitação social em quase 700 habitações de proteção em programas públicos (Móstoles, Madrid (5) y... Torrejón Etc., mediante concursos
Curso Mestrado em Humanidades na Faculdade de Filosofia e Letras UAM
Arquiteto investigador do “ Programa de Habitat Abierto” de CAM 1984
Concursos nacionais e internacionais por eleição
Membro do Júri da XII Bienal Espanhola de Arquitetura e Urbanismo 2013
Membro do Júri do Concurso de Teses de Doutoramento da Fundação Arquia 2013
Membro do Júri em concursos de arquitetura entre 2000 /2015
Fernando Díaz-Pinés Mateo (*)
Vogal 3º
Fernando Díaz-Pinés Mateo (Ceuta, 1959).
Arquiteto pela Escola Técnica Superior de Arquitetura de Madrid com a especialização em Urbanismo em 1984.
Doutor Arquiteto (Excelente Cum Laude) pela Escola Técnica Superior de Arquitetura de Valladolid, com a tese intitulada "Santa Iglesia Catedral de San Antolín, de Palencia. Análise e história da arquitetura da "Bella Desconocida" (1994)
Professor associado na cátedra de Expressão Gráfica da Arquitetura (1989-1991) na ETSAM, professor associado de Projetos Arquitetónicos (1991-1995), professor titular interino (1995-1997) e Professor Titular da Universidade desde 1997, é responsável pela disciplina de Projetos I (hoje Projetos I e II do Nível de Fundamentos...
de Arquitetura) na ETSAV.
Professor do curso de Doutoramento “Problemas de la Arquitectura y Ciudad Moderna: Teoría, Historia, Proyectos” da Escola Superior Artística do Porto (ESAP), Porto, desde 2001 até 2006 e professor na Escola de Arquitetura do Polo de Mântua do Politécnico de Milão (2006).
Montserrat Nogués Teixidor (*)
Vogal 4º
MONTSERRAT NOGUES I TEIXIDOR, (Girona 1955)
Arquiteta pela Escola Técnica Superior de Arquitetura de Barcelona, especialização em projetos, urbanismo e história em 1983.
Arquiteta responsável dos serviços culturais e Biblioteca da demarcação de Gerona do COAC (1985-1990).
Comissária e desenhadora de diferentes exposições; organizadora de workshops, ciclo de conferências e coordenadora de diversas publicações e livros de arquitetura do COAC..
Arquiteta responsável da área de infraestrutura e obra pública do Município de Calonge (2000-2003).
Desenvolve a sua atividade profissional enquanto arquiteta liberal e em colaboração com diferentes arquitetos e...
em equipas pluridisciplinares, na redação de planos, projetos de espaços e edifícios públicos para diferentes instituições, entre os quais se destacam: Plano diretor do caminho de ronda entre Calonge e Playa de Aro (Calonge), Plano diretor dos equipamentos culturais e de ócio de Banyoles, Teatro Municipal de Salt e espaço posterior, Teatro Municipal de Gerona e urbanização circundante, Teatro Principal de Olot, Conservatório de Música de Gerona, Plano diretor e restauração da Catedral de Gerona, ampliação Presbitério e abertura da janela norte e cristaleira com Sean Scully. Participação em numerosos concursos públicos de projetos de equipamentos e espaço público em que obtém prémios e menções: Teatro Victoria de Barcelona, Plano diretor da antiga fábrica têxtil Coma-Cros de Salt, IES Pla de l´Estany de Banyoles, Urbanização dos acessos à vila de Lloret de Mar de Blanes a Vidreras e Equipamentos culturais em Vilablareix.
Ángela Barrios Padura
Vogal 5º
Arquiteta, pela E. T. S. de Arquitetura de Sevilha. setembro de 1996.
Doutora Arquiteta, pela E. T. S. de Arquitetura de Sevilha, setembro de 2001.
Professora Associada. Universidade de Sevilha. 1997 a 2006.
Professora Titular da Universidade. Universidade de Sevilha. De fevereiro de 2006 até à atualidade.
Membro da junta da escola da ETSA de Sevilha. 2009 a 2015.
Subdiretora de Relações Exteriores e Infraestruturas da ETSA de Sevilha. 2009 a 2010.
Secretária do Departamento de Construções Arquitetónicas I da Escola Técnica Superior de Arquitetura de Sevilha. 2010 a 2013...
Pep Martínez Llabres
Vogal 6º
JOSÉ A. MARTÍNEZ LLABRÉS (Barcelona, 1968)
Arquiteto, especialidade em Edificação pela Universidade Politécnica da Catalunha em 1994.
Bolseiro Erasmus (Aarhus, Copenhaga) 1993
Colabora como bolseiro no Departamento de Património Histórico do Município de Barcelona, 1993-1994.
Bolseiro COAIB em colaboração com a Conselleria de Economía e Habitação do Governo Balear, 1995.
Pós-graduação em Direito urbanístico e Ordenamento do Território na Universitat das Ilhas Baleares em 2001
Secretário do Colégio Oficial dos Arquitetos das Ilhas Baleares (1996-2002)
Secretário do Agrupamento de Peritos Forenses (2000-2002)...
Arquiteto municipal de Búger, Maiorca (2000-2011)
Arquiteto municipal de Maria de la Salut, Maiorca (1999 até à atualidade)
Arquiteto do Departamento de Economía e Habitação do Governo Balear. Deparamento de avaliações patrimoniais e atos jurídicos documentados (1995-2000)
Sócio fundador da PM ARQUILAB 1995 SLP (desde 1999)
Membro do comité de recursos Arquia Caixa de Arquitetos (06/2007-06/2013)
Conselheiro Arquia Caixa de Arquitetos (22/11/2013)
Naiara Montero Viar
Vogal 7º
Naiara Montero Viar (Barcelona 1975).
Arquiteto pela Escola Técnica Superior de Arquitetura de Barcelona.(ETSAB)
Doutora arquiteta (Cum Laude) com Menção Europeia numa tese sobre os âmbitos de investigação na energia e no meio ambiente na arquitetura. (ETSAB)
Pós-graduação “Interior e Interiores” pela Universidade Politécnica da Catalunha (UPC)
Curso de formação do Negócio Bancário 2015 (Arquia Caixa De Arquitetos).
Estadia na University of College em Dublin (UCD) como membro investigador na equipa Energy research Group (2011)...
Professora de projetos na CESUGA, University College Dublin (2008-Atualidade).
Leciona seminários na Escola de Disseny i d´Art LLotja em Barcelona e colabora na docência de Projetos de Instalações na Universidade Da Corunha (UDC).
Marta Cervelló Casanova
Nascida em Barcelona (1959), licenciou-se em Arquitetura no ano de 1986 pela ETSAB - Escola Técnica Superior de Arquitetura de Barcelona.
Foi membro da redação da revista Quaderns d’Arquitectura i Urbanisme, sob a direção de José Luis Mateo (1986-1991).
Foi membro de vários júris em Prémios e concursos de arquitetura profissionais, bem como participou como oradora em Seminários e em cursos.
Manteve uma linha de trabalho na investigação cultural e publicou artigos em revistas da especialidade. Destaca-se o livro “Barcelona: Guia de Arquitectura Moderna”, ed.Actar, em conjunto com Maurici Pla, Manuel Gausa e Ricardo Devesa...
Emilio Tuñón Álvarez
Emilio Tuñón Álvarez, Doctor (Madrid 1958)
Arquitecto por la Escuela Técnica Superior de Arquitectura de Madrid en 1981.
Doctor arquitecto (Sobresaliente Cum Laude) por la Escuela Técnica Superior de Arquitectura de Madrid (2000).
Premio Nacional de Arquitectura Española (2003).
Premio Mies van der Rohe, Premio Europeo de Arquitectura (2007).
Medalla de oro por el Mérito de las Bellas Artes (2014).
Catedrático de Proyectos Arquitectónicos de la Escuela de Arquitectura de Madrid (2016).
Desde 1986 imparte clases de proyectos como profesor del Departamento de Proyectos Arquitectónicos de la E.T.S.A.M, el curso 2002-2003 como Profesor Titular de Universidad Interino, desde 2003 como Profesor Titular de... Universidad y desde 2016 Catedrático de Proyectos Arquitectónicos de la Escuela de Arquitectura de Madrid. Es profesor invitado en la la Städelschule de Frankfurt (Alemania) durante (1997–98), profesor
invitado en la Nueva Escuela de Arquitectura de la Escuela Politécnica de Puerto Rico en el verano de 2000, profesor invitado en el semestre de primavera en la Ecole Polytechnique Fédérale de Laussane, Suiza (2005), profesor invitado en el Graduate School of Design de la Harvard University en Cambridge Ma. EE.UU (2006) y profesor invitado en la School of Architecture de la Princeton University, NY EE.UU. (primavera 2008, primavera 2009 y primavera 2010).
Gerardo García-Ventosa
Diretor
Gerardo García-Ventosa López (Barcelona 1951).
Arquiteto pela Escola Técnica Superior de Arquitetura de Barcelona, especialidade em Edificação em 1977 e em Urbanismo em 1979.
Doutor arquiteto (Cum Laude) pela mesma escola numa tese sobre a obra de Doménech i Montaner (1993).
Diplomado (Excelente) em Arquitetura Legal e Forense pela Universidade Pompeu Fabra (2003).
Professor não efetivo/associado Escola Técnica Superior de Arquitetura de Barcelona (1974-90).
Professor Escola de Interiorismo Massana de Barcelona.
Adjunto à Direção, Escola Técnica Superior de Arquitetura de Barcelona (1984-87)...
Vogal de cultura, Colégio de Arquitetos da Catalunha (1981-1985, 1986-1988. 1994-2000).
Membro da Junta do Arquinfad da FAD.
Membro da Comissão territorial do Património Cultural de Barcelona da Generalitat da Catalunha.
Tesoureiro da Junta, Agrupació d'Arquitectes Experts Pèrits i Forenses (AAEPFC)
Vogal Conselho Reitor (1983-2001) e Vice-Presidente (2001-2005) Arquia Caixa de Arquitetos.

Organigrama da Fundação Arquia
Em baixo pode descarregar o ficheiro pdf do organigrama de funcionamento da Fundação Arquia.
Carta do diretor

Prezad@s companheir@s:

Tenho a honra de vos apresentar a memória das atividades do ano de 2015. Este ano ficou caraterizado pela celebração do 25º Aniversário da Fundação Arquia e tentámos fazer um balanço dos marcos conseguidos ao longo destes anos, com uma conceção mais ampla do nosso trabalho social e da promoção da cultura.

Um exemplo disto foi a homenagem que a Fundação Arquia realizou a Álvaro Siza, por motivo da apresentação da publicação SizaXSiza, reunindo 3 prémios Pritzker (Siza, Souto de Moura e Rafael Moneo) na mesma mesa redonda, conduzida pelo jornalista de arquitetura Anatxu Zabalbeascoa , juntamente com o arquiteto finlandês Juhani Pallasmaa e com o crítico americano David Cohn.

Ao longo destes anos, a Fundação Arquia foi-se adequando às circunstâncias de cada momento e, na última década, triplicámos a dotação destinada às nossas atividades, como resposta para cobrir as necessidades do coletivo por motivo da conjetura económica.

A Fundação Arquia avança com o objetivo de oferecer propostas inovadoras e contribuir de forma significativa no âmbito cultural arquitetónico. Desta forma se reflete a Medalha CSCAE que nos foi concedida, entre outros méritos destacáveis, por contribuir para a defesa dos interesses da profissão e da Arquitetura.

Foi um ano de consolidação de programas já existentes e de criação de novos programas, de acordo com os novos requisitos que o sector da arquitetura nos exige.

Num dos programas mais consolidados, arquia/bolsas, juntámos esforços com outras organizações, como a Fundação Metrópoli, Factoría Cultural, Real Academia de Belas Artes de San Fernando, Direção Geral de Arquitetura, Habitação e Solo do Ministério de Fomento, com o objetivo de ampliar o número e a diversidade temática das bolsas oferecidas a partir da Fundação Arquia.

Mais conhecido é o nosso catálogo de publicações, pelo qual recebemos o reconhecimento do Gremi d'Editors pelos nossos 25 anos de trabalho editorial.
Nesta linha e, coincidindo com o objetivo institucional de aproximar a figura do arquiteto à sociedade, iniciou-se este ano a nova coleção editada conjuntamente com Los libros de la Catarata e da qual foram publicados 5 números.

Simultaneamente, a Mediateca consolidou e ampliou os seus conteúdos em duas abrangentes áreas de consulta: Filmoteca (audiovisuais online) e Filmografía (registros audiovisuais)

Os nossos esforços orientaram-se também em consolidar a nossa web como referência na divulgação e encontro, colocando ao alcance de todos os interessados no âmbito da arquitetura, nos nossos programas e propostas culturais. Reforçamos também a nossa presença nas redes sociais, com o objetivo de divulgar as nossas atividades juntamente com as notícias mais relevantes do âmbito da Arquitetura, tendo o Blog da Fundação Arquia consolidado-se como ponto de encontro digital da profissão.

A comunidade FQ cresceu até superar as 17.000 pessoas registadas. Agradecemos a todos o envolvimento e a participação que mostram nas nossas atividades, que nos encoraja a continuar a melhorar de forma a manter a vossa confiança e interesse.

Esta nota é um ponto da atividade realizada através dos nossos programas, cujos resultados pretendem gerar trocas neste contexto tão difícil.

Gerardo García-Ventosa
Diretor
Fundação Arquia

Descarregar:
Transparência

A transparência e a prestação de contas são símbolos da identidade da Fundação Arquia. Como se destaca na nossa visão, apostamos numa organização cada dia mais eficaz, eficiente, bem gerida, orientada para os resultados, transparente e comprometida com a prestação de contas à profissão e, em por ultimo, à sociedade.
A transparência e a prestação de contas são dois dos aspetos chave para manter a confiança e a credibilidade da profissão e à sociedade na Fundação Arquia.
A Fundação Arquia audita anualmente as suas contas económicas, as quais se encontram inscritas nos registos públicos correspondentes. Através desta página, publicamos e atualizamos permanentemente toda a informação da nossa atividade.

Convénios

Em seguida iremos detalhar os diferentes acordos que a Fundação Arquia subscreve com os diferentes agentes que intervêm no desenvolvimento das nossas atividades

Acordo BOLSAS - FQ Bolseiro
Acordo resultante do programa arquia/bolsas em que a Fundação Arquia e o bolseiro premiado acordam as condições dos estágios não laborais.
Convénio BOLSAS - FQ_Estudio
Acordo resultante do programa arquia/bolsas e assinado entre a Fundação Arquia e o atelier do bolseiro, em que se acorda as condições de receção do bolseiro por parte do atelier recetor.
Acordo BOLSAS - FQ_Escolas
Acordo resultante do programa arquia/bolsas e assinado entre a Fundação Arquia e a ETS de Arquitetura de origem do bolseiro, cujo objetivo é o de permitir a validação dos estágios realizados no atelier de destino por créditos académicos. Os acordos assinados que se anexam correspondem às Escolas de Arquitetura de: Valladolid, A Corunha, Camilo José Cela, CESUGA, Francisco de Vitoria, La Salle-Ramón Llull, Las Palmas de Gran Canaria, Universidade Pontíficia de Salamanca, San Sebastián, Sevilha, Madrid, Granada, Europeia, Universidade Internacional da Catalunha, Alfonso X el Sabio, Vallés, Barcelona, Valência, S.E.K.
Acordo BIBLIOTECA NACIONAL ESPANHA
Acordo resultante do programa de publicações da Fundação Arquia e subscrito entre esta e a Biblioteca Nacional de Espanha, pelo qual se acordam as características e as condições para a edição conjunta da publicação 'Dibujos de Arquitectura y Ornamentación de la Biblioteca Nacional. SXIX.' (2 volumes)
Acordo MINISTÉRIO de FOMENTO 2014
Acordo entre a Fundação Arquia e a Direção Geral de Arquitetura Habitação e Solo do Ministério de Fomento que estabelece as bases de cooperação entre as duas entidades, destinada à realização da web de promoção e divulgação da arquitetura espanhola em que ambas as entidades contribuem e partilham conteúdos.
Acordo MINISTÉRIO de FOMENTO 2015
Acordo entre a Fundação Arquia e a Direção Geral de Arquitetura Habitação e Solo do Ministério de Fomento que estabelece as bases de cooperação entre as duas entidades, destinada à realização da web de promoção e divulgação da arquitetura espanhola em que ambas as entidades contribuem e partilham conteúdos.
Com a mesma finalidade, no âmbito do programa anual de bolsas da Fundação Arquia foram convocadas 3 bolsas de estágio na Direção Geral de Arquitetura, Habitação e Solo do Ministério de Fomento, destinadas à geração de uma parte do conteúdo da plataforma web.
Convenio MINISTERIO de FOMENTO 2016
onvenio entre Fundación Arquia y la Dirección General de Arquitectura Vivienda y Suelo del Ministerio de Fomento que establece las bases de cooperación entre ambas entidades para la realización de la web de promoción y difusión de la arquitectura española en la que ambas entidades aportan y comparten contenidos.
Con la misma finalidad, en el marco del programa anual de becas de la Fundación Arquia se han convocado 3 becas de prácticas en la Dirección General de Arquitectura, Vivienda y Suelo del Ministerio de Fomento, orientadas a la generación de una parte del contenido de la plataforma web.
Convenio ESADE
Con el objetivo de contribuir a la formación del arquitecto y respectivo crecimiento profesional, la Fundación Arquia, en colaboración con la escuela de negocios ESADE presenta el Máster en Dirección y Administración de empresas Corporate MBA-arquia banca, que permite proporcionar al arquitecto o profesional vinculado al ámbito arquitectónico, con recursos personales y capacidades de liderazgo y emprendimiento que posibiliten nuevas visiones empresariales o la creación de empresas caracterizadas por la innovación, la creatividad ofreciendo servicios distintivos y competitivos de calidad a la sociedad, adaptados al contexto actual.
Convenio BCN Activa - Beca Emprendimiento
La Fundación Arquia, en colaboración con Barcelona Activa, convoca 1 Beca de Emprendimiento Social destinada al desarrollo de un proyecto de negocio sostenible con fuerte componente social, con el fin de fomentar y apoyar la creación de iniciativas empresariales que tengan como objetivo conseguir una incidencia positiva en la sociedad mediante la resolución de problemas actuales de la población, desde una vertiente social o medioambiental.
Convenio PREMIO SOLÁ MORALES
La Fundación Arquia y la Universidad Politécnica de Catalunya, a través del Laboratorio de Urbanismo de Barcelona (LUB), vinculado al Departamento de Urbanismo y Ordenación del Territorio (DUOT) de la Escuela Técnica Superior de Arquitectura de Barcelona (ETSAB) para la publicación de la tesi doctoral que haya recibido el premio bienal de tesis doctorales de urbanismo, 'Premio Europeo Manuel de Sola-Morales en la colección arquia/tesis de la Fundación Arquia.
Convenio Fundación Thyssen Bornemisza
Colaboración para llevar a cabo un ciclo de charlas y debates que aborda la trayectoria del arquitecto Rafael Moneo
Protocolo entre Ordem dos Arquitectos, Arquia Banca y Fundación Arquia
Tiene como objeto mantener las bases de cooperación entre la Ordem dos Arquitectos de Portugal y Caja de Arquitectos S. Coop. de Crédito y la Fundación Arquia con el objetivo del establecimiento en Portugal de 2 agencias (Lisboa y Porto) por parte de Caja de Arquitectos S. Coop. de Crédito.
Convenio Cáritas
Tiene como objetivo colaborar activamente en la lucha contra la pobreza energética y apoyar el derecho de las personas a poder disponer de una vivienda digna, arquia/social promueve. Programa de adecuación de viviendas para personas con riesgo de exclusión social o con necesidades especiales.
Convenio Cruz Roja
Tiene como objeto regular la colaboración entre las partes en relación a los proyectos desarrollados tanto por el plan de empleo de Cruz Roja Española, como por el Programa de Reactivación Profesional, con el fin de insertar en los mismos a personas del sector de la arquitectura afectados por la crisis económica.
Convenio COA-Granada
Programa específico y personalizado de soporte, orientación y asesoramiento sociolaboral para profesionales de la arquitectura con acciones individualizadas orientadas a mejorar su empleabilidad.
Recursos

A transferência dos recursos correspondentes ao Fundo de Educação e Promoção da Caixa de Arquitetos para a Fundação Arquia constitui a principal fonte de receitas desta, que se vão complementando através dos produtos do seu património e pela recuperação do investimento realizado em algumas das suas atividades.

Código de conduta

Conjunto de regras gerais de comportamento exigidas a todas as pessoas que fique vinculada co a nossa organização, em coerência com a nossa identidade, imagem e objetivos. Tipifica uma série de comportamentos não compatíveis, alguns dos quais requerem um desenvolvimento adicional (por exemplo a fraude, a corrupção, o conflito de interesses, ou o assédio laboral ou sexual), pelo que são complementados com documentação específica que mencionamos em seguida.


CONTACTO

FUNDAÇÃO ARQUIA
Arcs nº 1, 08002 Barcelona
Telefone: 936 011 115
Fax: 933 042 340
Email: fundacion@arquia.es
Formulário de contacto


Formulário de contacto












Controlo de segurança

Recargar

Introduza o texto da imagem




mi área privada